domingo, 16 de dezembro de 2012

Olá! Hello! Salut...



‎Estou pensando em voltar com meu blog http://suzanamariabrega.blogspot.com.br havia falado aqui. Mas me considero uma péssima escritora, e minhas minhas maiores visitas foram de minhas receitas. E olho que me acho péssima na cozinha...
Suzana Maria Brega surgiu como uma sátira aos programas de culinária e variedades tipo da Ana Maria Braga....  com a junção do meu nome Suzana Maria, mas, quis acrescentar uma pitada de "humor", moda retrô , vintage e de tudo que gosto um pouco. Acho que no Facebook talvez tivesse mais ibope, criando uma página. Alguém visita blogs hoje em dia?
Eu vi que ganhei alguns seguidores e se vocês estão aqui e ainda viram que o blog está fora do ar, é porque aguardam que um dia ele ressuscite!
Bom, o Natal, está chegando e sou bem ao contrário do que a maioria, eu não gosto de festas de fim de ano, acho um saco, toda aquela falsidade, o ano todo as pessoas passam se odiando e só no Natal vêm com aqueles beijinhos. Fora, que eu tenho péssimas lembranças dessas datas. Odeio lojas lotadas e gente suada se empurrando por uma promoção... fila, caixa cheio... 
Gosto de postar quando tenho vontade e não por obrigação. Espero que não se sintam ofendidos, não sou antipática, mas, estou sendo extremamente sincera. 
E aí o que vocês acham? Vou aguardar respostas...

Um abraço beeem brega!!!


Imagem:
http://vidaedu.blogspot.com.br/2011/08/como-dizer-hello-e-goodbye-uma-licao-de.html


terça-feira, 16 de agosto de 2011

Fora do ar!!!!


Olá, docinhos!!! 
Não é novidade que este blog anda as moscas! Não, não cometerei suicídio virtual, mas, volto quando puder me dedicar melhor a este espaço que me trouxe muitas alegrias, novas amizades... e que bom que pude contribuir com minhas receitas, meus pensamentos... que foram úteis para muita gente!!!
É só um até logo... piiiiiii.....

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Clássico: pavê de biscoito de maisena

Essa foto não é minha, mas da Andréia que postou lá no tudogostoso.com
Vocês lembram da dona Caca Antibes, mãe do Caco do Sai de Baixo? Toda vez que faço esta receita, eu lembro dela dizendo que "pavê não é sobremesa: "é só abrir um pacote de biscoito, uma lata de leite condensado, uma lata de creme de leite, camada, camada, camada. Tá feito o pavê!" Ela tem razão, no que diz a praticidade. Mas, dona Caca, dizer que pavê não é sobremesa, desculpe, mas, não concordo com a senhora. Tem que todo um jeito pra arrumar as camadas, compor o creme, é uma arte, é uma arte...

Dona Caca: "Eu não respeito, mulher que faz pavê!"
Vamos aos ingredientes?


Biscoitos:
 a quantidade de biscoitos, que usei foram 2 pacotes de biscoitos de maisena (gosto dos da Piraquê) para uma travessa de vidro oval mais ou menos com quatro dedos de altura e dois palmos de largura, não tenho a medida exata e pavê você vai fazendo no olhômetro, é natural para quem nunca fez, tem que ter uma noção das medidas, ok?


Para o Creme:
1 colher de chá de margarina
1 colher de chá de maisena
1 lata de leite condensado
  a mesma medida da lata de leite condensado, de leite
3 gemas

Calda para umidificar os biscoitos:
2 xícaras de chá de leite
2 colheres de sopa de chocolate em pó

Para a cobertura:
3 claras
6 colheres de sopa de açúcar
1 de creme de leite sem soro

Para o creme:
Em uma panela ponha a margarina para derreter em fogo baixo e em seguida acrescente o leite condensado com as gemas batidas, o leite e a maisena. Mexa até engrossar como um mingau. Deixe esfriar.

Calda:
Em outra panela coloque o leite e o chocolate em pó ao fogo até levantar fervura.

Montagem do pavê:
Em uma refratária espalhe os biscoitos forrando o fundo, fazendo camadas, molhando-os com o leite achocolatado. Coloque o creme, faça mais uma camada de biscoitos, molhe-os e mais uma camada de creme. Mais uma camada de biscoito e por último a cobertura. Que será preparada no final.

Cobertura:
Bata as claras em neve, acrescente o açúcar e o creme de leite sem soro delicadamente. Jogue em cima do pavê.

Deixe na geladeira por 4 horas antes de servir.


sexta-feira, 29 de abril de 2011

Conto de fatos!!!


Com um dos maiores eventos do século acontecendo: o casamento do Princípe William com a plebéia Kate Middleton a gente repensa essa história de princípe encantado...


O conto mais curto e mais real que já li em toda minha vida... (autora desconhecida)

Era uma vez um rapaz que perguntou a uma garota se ela queria se casar com ele.

A garota disse "não".
E assim Ela viveu feliz para sempre...
Sem lavar, 
sem cozinhar,
sem passar roupas pra ninguém,
saindo com suas amigas,
ficando com quem queria, 
gastando seu dinheiro consigo
e sem trabalhar para ninguém.

FIM
 

O problema é que não nos contam isto quando somos crianças.
Ao contrário, nos enchem a cabeça com o maldito príncipe encantado!

 

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Oi, Moços!


Olá queridos donos de casa, eu estou morta de vergonha de aparecer aqui. Desculpem o incomôdo e peço a compreensão de todos pela ausência. Não fiquem triste eu volto... COITADINHOS!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Primeiro post de 2011


Aha... que piada mais velha e sem graça, não é crianças! Mais é isso aí! Menos um ano e você tá aí, não mudou nada na sua vida e você tá pensando em pedir pra parar o mundo e descer. Opa! Nada disso,  não sou supersticiosa, mas, acredito que cada ano que se inicia é um novo ciclo com novos projetos e realizações, é hora de fazer um balanço do que passou e pensar no que virá. É isso que desejo pra vocês meus amigos, que este ano seja um ano de expectativas, de melhoras, um ano de reflexão e sabedoria para avaliar o que fica e o que sai de nossas vidas. A nossa caminhada por aqui só é válida quando temos objetivo, intenção de se aprimorar e buscar coisas boas para nossa existência, independente de religião.
Bom, peço desculpas sempre pela pouca informação no blog, não posso prometer nada. Até porque ninguém se interessa pelo que essa doida escreve, só pelo o que faço na cozinha. Mas, agradeço a companhia dos poucos amigos que fiz por aqui. É muito bom ter esse espaço, onde além de poder me distrair, entretenho vocês. Um ótimo ano, é o que eu desejo a todos! 

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Blog Brega comemora um ano!!! Com...


"Hoje vai ser uma festa. 
Bolo e guaraná. 
Muito doce pra você. 
É o aniversário da Brega
Vamos festejar. 
E os amigos receber. 
Mil felicidades e amor no coração. 
Que a sua vida seja sempre doce e emoção
Bate, bate palma que é hora de cantar
Agora todos juntos vamos lá
Parabéns
Parabéns
Hoje é o seu dia
Que dia mais feliz"  

Eu sei, eu sei... mais um bolo... pecado! Daqui a pouco, eu que vou parecer um bolinho! Mas, não se preocupe com isso, pois, hoje é dia de comemorar! Faz exato um ano que escrevi minha primeira publicação no Suzana Maria Brega, a versão de baixo orçamento de programas culinários da blogesfera! 
Tudo começou com o incentivo do Sr. Brega, que achava que minhas sandices não poderiam ficar enclausuradas somente em minha cabeça. E as receitas que fazemos para as nossas cobaias, cof, quer dizer, amigos. Enfrentei minhas inseguranças e me meti nesse mundo de escrevinhar, mas, não sou boa nisso não, nem de cozinhar, gosto mesmo é de experimentar. Ainda mais depois que descobri uns blogs ma-ra-vi-lho-sos fico até com vergonha de postar minhas humildes experiências. Mas, já que criei coragem, agora que viciei e encontrei uma nova forma de fazer amigos, mesmo ainda não podendo dedicar mais tempo ao blog, vocês vão ter que me aturar mais alguns anos!
Isso soa meio piegas, mas, como em agradecimentos de Oscar, eu não posso deixar de agradecer aos amigos fiéis que sempre estão por aqui e aos novos amigos que já parecem amigos blogueiros de infância. À Ѽ Mademoiselle Priscilla Ѽ que me inspirou ainda mais a mergulhar e reforçar essa minha vontade de ter um blog com visual todo vintage. A quem também devo agradecer por permitir copiar sua playlist, na maior cara de pau, pedi mesmo, pois queria muito colocar músicas dos anos 50, 60 para criar um ambiente de acordo com o blog. Ao Sr. Google que pôs a imagem da sopa de abóboras entre as primeiras nas pesquisas e depois disso as visitas aumentaram de um para dois visitantes por dia. E ao Sr. Brega amor de my life que me incentiva todos os dias a não cometer um suícidio virtual deletando esse negóço daqui! E simbora pra festança na laje!



Ah é, a receita, gente! 

Bolo de chocolate com suco de laranja

Esse bolo fica com um sabor parecido com aqueles bolos que a gente compra prontos de uma marca famosinha. Tem o sabor do chocolate, mas, não é enjoativo por causa do azedinho da laranja.

Você precisa de:

♥ 3 ovos
♥ 8 colheres de sopa de margarina (120g)
♥ 2 xícaras de chá de açúcar (360g)
♥ 3 xícaras de chá de farinha de trigo (360g)
♥ 1 xícara de chá de achocolatado ou chocolate em pó (90g)
♥ 1 colher de sopa de fermento em pó 
200ml de suco de laranja
♥ raspas da casca da laranja (se desejar e a gosto)

Aqui eu tenho todo um ritual pra preparar um bolo, demora, mas, não sola. Comigo é batata!
Deixe os igredientes em temperatura ambiente por uma hora. Antes de bater a massa pré aqueça o forno a 180º graus (temperatura de baixo a média). Lave e raspe a casca da laranja, mas, não raspe até a parte branca, que é onde amarga. Unte a forma, que irá usar com margarina generosamente para não grudar a massa. Após, em uma vasilha bata os ovos com a margarina até se transformar em um creme homogênio. Acrescente o açúcar misturando bem. Duas das três xícaras da farinha de trigo, e aos poucos o suco da laranja. Adicione o restante da farinha e o achocolatado, as raspas de laranja e o fermento em pó Bata tudo bem e a cada ingrediente que for colocando. Dê umas batidinhas na fôrma para soltar as possíveis bolhas de ar e faça uma ameaça à massa caso ela sole. Leve ao forno por 35 a 40 minutos.

Cobertura: 

Eu preparo um brigadeiro mole como nas carolinas, dou uns furosinhos na massa depois de assada e molho todo o bolo com ela. 
Ai depois é só ouvir o HUMMM...




terça-feira, 2 de novembro de 2010

Biscoitinhos de sementes de abóbora


Eu aprendi na minha vida de pobreza que nada se perde, tudo se transforma. Realmente é difícil e às vezes complicado reaproveitar os alimentos com essa correria toda, mas, eu trouxe uma receita que vale a pena preparar e é ótima para regular o intestino e você não vai mais precisar ficar gastando mó grana com Activia, e derivados. você que tem problemas com aquela prisão de ventre chata, seu intestino vai agradecer muito.
A receita é uma biscoito preparado com uma farinha torrada de semente de abóbora, que vi no programa Globo Reporter há 5 anos. Depois de preparar aquela sopa de abóbora, quantas sementes não foram jogadas fora hein? Agora eu tô atrás de uma receita com as cascas! Rs!

Essa receita foi criada pela nutricionista Maria Cristina Freitas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O biscoitinho além de gostoso é saudável pacas. Nos laborátórios da Universidade descobriram que um dos alimentos mais ricos em fibra já pesquisados no Brasil é a semente de abóbora! Eles observaram que a farinha da semente de abóbora tem um teor maior de fibras do que o feijão, que a lentilha e o pão integral, em 100 gramas da sua composição. Olha só que bom?! Além de combater doenças do intestino.

O cheiro e o gosto lembram amendoim. O trabalho da professora Cristina foi transformar a semente de abóbora em farinha para enriquecer alimentos. É um bom substituto da farinha de trigo refinada, que é usada em bolos, pães e biscoitos.

Você vai precisar de:

♥ 5 xícaras de chá de farinha de semente de abóbora
♥ 01 ovo
♥ 12 colheres de sopa cheias de margarina
♥ 1 xícara e meia de chá de açúcar mascavo
♥ 1 xícara de chá de açúcar refinado
♥ 10 gotas de baunilha
♥ 1 colher de chá de bicarbonato
♥ 1 colher de chá de sal
♥ 2 xícaras e meia de chá de farinha de trigo

Como prepara:

Selecionar sementes de abóbora, lavar em água corrente e secar ao natural. Depois, torrefar as sementes por 20 minutos em fogo brando (em panela) ou no forno (em assadeira) até dourar. Deixar esfriar, triturar (em liquidificador), peneirar e reservar. Bater o ovo com a margarina até formar um creme. Acrescentar a farinha de semente de abóbora e os demais ingredientes. Misturar até obter uma massa homogênea. Moldar os biscoitos, pode cortá-la com um copo e colocá-los em assadeira previamente untada. Assar por 15-20 minutos à 120ºC. Servir.

Rendimento: 1 quilo de massa rende 150 unidades.

Referência e fotos: Globo Reporter - Semente de abóbora

sábado, 30 de outubro de 2010

31 de Outubro: O dia delas...

Elas passam boa parte do tempo com a vassoura na mão; descabeladas, misturam temperos em seu caldeirão. Envolvem a todos com o perfume de seus cozidos. Enfeitiça filhos e marido. Fazem mágica com o orçamento...


Nada de Bruxas ou travessuras, crianças; hoje é dia de doçura. 

Parabéns às Donas de Casa



 

Que tal uma Sopa de Abóbora?

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Bombocado de Assadeira



Essa receita é mais uma que está virando tradição na família. Eu a conheci no programa da saudosa Ofélia Anunciato. É um bolo de mandioca todo trabalhado no leite condensado. E como hoje é Dia das Crianças, vamos levar a criançada pra cozinha e botar o maridão para descascar e ralar a mandioca, êta daná! Sem mais delongas, simbora pra cozinha! 


Ingredientes:


♥ 1kg de mandioca ralada
♥ 3 colheres de sopa de margarina (em temperatura ambiente)
♥ 4 ovos inteiros
♥ 1 vidro (200 ml) de leite de coco
♥ 1 pacote de 100g de coco ralado
♥ 1 xícara de chá de açúcar
♥ 1 lata de leite condensado


A parte mais chata e demorada é essa: descascar e ralar a mandioca na parte fina do ralador. Coe e esprema a mandioca em uma peneira para retirar o excesso de água. Depois é só acrescentar o restante dos ingredientes, misturar bem. E pôr em uma assadeira untada, coberta com papel alumínio. Levar ao forno de médio para alto e retirar o papel alumínio após 30 minutos, deixando mais 30 minutos. Quando tiver dourado dos lados está pronta.
Se preferir use forminhas de papel e faça-as separadamente. 


E o resto é só diversão! 


Foto: http://honeyfromrock.blogspot.com/

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Carolinas e Profiteroles: pobre também come

Carolinas
(foto meramente ilustrativa, a sua pode fica melhor)
Profiteroles
Quem disse que Profiteroles e Carolinas são sobremesas de rico? Se você não pode saboreá-las em um restaurante chiquérrimo, por que não prepará-las em casa? Uma receitinha bem simples pra você que como eu não tem tempo pra ficar horas na cozinha e não tem nenhuma Marinete em casa pra cozinhar pra você. Carolinas são pequenas bombinhas feitas de massa cozida modeladas com saco de confeiteiro. Depois de assadas, podem ser recheadas com misturas salgadas ou doces ou servidas puras como acompanhamento de caldos. Já os Profiteroles são carolinas recheadas com chantilly ou creme e apresentam-se empilhadas e cobertas com calda de chocolate quente ou fria. E podem ser servidas com sorvete. 



Catarina de Médicis
Um pouco de História: 


Apesar de ser uma sobremesa muito popular na França hoje em dia, era iguaria de rainha no século XVI! Graças a um pedido de Catarina de Médicis, soberana da França na época, um chef italiano criou a receita, que vem sendo aperfeiçoada ao longo dos tempos.


Então, chega de papo e vamos ao que interessa. Você vai precisar de:

♥ 1 xícara de chá de água
 1/2 xícara de chá de manteiga
 1/2 colher de chá de sal 
 1 colher de sopa de acúcar
 1 xícara de chá de farinha de trigo
 4 ovos

Como preparar:

1. Em uma panela coloque,  junte a água,  a manteiga, o sal e o açúcar. Leve ao fogo brando, até começar a ferver. 
2. Retire do fogo e acrescente a farinha de trigo. Retorne a panela ao fogo brando e mexa com uma colher de pau. Cuidado para não deixar queimar.
3. Transfira a massa para uma tigela e misture os ovos (um de cada vez), delicadamente. A massa deve ficar macia e lustrosa.
4. Com uma saco de confeiteiro (se não tiver, arranje um saco de arroz ou de outro produto bem mais pobre, como feijão, fubá... mas, que seja um plástico firme. Corte a ponta, e coloque a massa dentro e esprema), faça as bolinhas sobre uma fôrma untada, deixando um espaço entre elas. Asse as bolinhas por 30 minutos ou até ficarem douradas e abertas. Mas, não deixe esturricar. 

Recheio e cobertura:

O recheio pode ser feito com doce de leite. Você pode preprá-lo em casa cozinhando uma lata de leite condensado na panela de pressão de 25 a 30 minutos. Para a cobertura você pode derreter uma barra de chocolate meio amargo, derretido em banho-maria. Ou se preferir, preparar um brigadeiro mole, cozinhando uma lata de leite condensado, a mesma medida da lata de leite e 4 colheres de achocolatado em pó e uma colher de sobremesa de manteiga. Cozinhe mexendo sempre até começar a ferver e desgrudar do fundo da panela. Quando as bolinhas estiverem assadas. Corte-as ao meio e recheie-as com doce de leite ou outro creme de sua preferência e cubra-as com uma calda de chocolate. 

O rendimento vai depender do tamanho das Carolinas que você fizer.

Não deixem de comentar suas experiências, ein, meninos! 


sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Soluções baixa renda de alto nível

Gente, chegou em meu e-mail hoje esta solução legal pra fechar saquinhos plásticos e reaproveitar embalagens de garrafas pets. Corte  logo abaixo do gargalo usando tesoura ou outro cortador.


Passe o saco plástico por dentro do gargalo cortado


E aqui está. Eu gostei, e já experimentei. Dá para fechar sacos de produtos que foram abertos. Serve também como uma forma de bico dosador. Só não fecha direito em sacos plásticos mais grossos. O que sobrou da garrafa, a gente pode usar como vaso para plantinhas. Genial e ecológico. 


sábado, 28 de agosto de 2010

Luta livre na cozinha



Somos verdadeiras Cholitas luchadoras! 

Loucas por Amor, Viciadas em Dinheiro


"O dinheiro não traz felicidade, mas a falta dele também não. "  

Ultimamente não tenho tido tempo para assistir filme, mas, hoje parei um pouco entre uma ninada no Breguinha Jr. e o jantar. Um filme leve e divertido, típico sessão da tarde. 

Sinopse:
Bridget Cardigan (Diane Keaton) fica chocada ao saber que está prestes a perder sua casa e seu confortável estilo de vida quando seu marido Don (Ted Danson) é rebaixado de cargo em seu trabalho. Armada apenas com sua formação em Inglês antigo e anos dedicados como mãe e dona de casa, Bridget é forçada a entrar no pouco familiar mercado de trabalho, sem nenhuma especialização. Finalmente, ela aceita a única posição que pode encontrar: zeladora no Federal Reserve Bank. Logo ela descobre que tem mais coisas em comum com seus novos colegas de trabalho do que pensava. Bridget se aproxima inesperadamente de Nina (Queen Latifah), uma mãe solteira muito trabalhadora que tem dois filhos para criar, e Jackie, uma garota ativa que não tem nada a perder. Presas num sistema que subestima seus talentos e mantém seus sonhos afastados, Bridget, Nina e Jackie resolvem mudar esta história. Depois de uma vida jogando conforme as regras, as três elaboram um plano para desviar cédulas velhas que seriam destruídas pelo banco. Quando o improvável crime dá a elas pilhas de dinheiro, parece que elas encontraram o crime perfeito. Com mais dinheiro do que elas conseguiriam gastar, as mulheres vão ao limite de sua ingenuidade para ficar um passo à frente da lei.
Título original: Mad Money


Fonte: Interney

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Sopa de Abóbora à moda Brega

foto meramente ilustrativa
Em parceria com o Sr. Brega jantamos ontem esta sopa rápida, fácil e deliciosa! Dá para fazer hoje, que tal? Você ainda pode aproveitar as sementes para fazer biscoitinhos, clique aqui para ver.

Igredientes:


300g de frango em pedaços
1 tomate (sem sementes) picado
1 cebola pequena picada
1kg de abóbora em cubinhos
2 colheres de sopa de amido de milho
Sal
Salsa picada a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe o frango, o tomate, a cebola, a abóbora e o sal com 1 1/2 litro de água, por 20 minutos. Retire a abóbora, e o frango desfie. Reserve. Bata o restante do líquido no liquidificador e volte á panela. Acrescente a abóbora e o frango reservados. Cozinhe por mais 10 minutos. Junte o amido de milho em 1/2 xícara de água, mexendo até engrossar. Acrescente o sal e a salsa. Sirva quente.

Dica: sirva com torradas para acompanhar e queijo parmesão ralado sobre a sopa.

Rendimento: de 5 a 6 porções.

Os benefícios da abóbora

Além de ser rica principalmente em  vitamina A, complexo B (B1, B2) e vitamina C. Ela também é rica em minerais, como fósforo, potássio, cálcio, silício, magnésio, ferro, cloro.
Cada 100 gramas de abóbora contém cerca de 40 kcal.

* Reduz os riscos de anemia, bronquite;
* Bom para o fígado;
* Auxilia no tratamento de malária;
* Auxilia na cura de verrugas, queimaduras e problemas de pele;
* Ótima no combate a vermes;
* Combate náuseas em geral e vômitos de gestantes;
* Boa no tratamento de hemorróidas;
* É indicada na recuperação de enfermidades agudas do aparelho digestivo.

                                            

domingo, 8 de agosto de 2010

Feliz Dia dos Pais

Um pai ensina muitas coisas ao filho na vida. Inclusive, a chorar como um homem. Do episódio 113, do reality show Intervention do canal A&E, esta é uma singela homenagem da Suzana Maria Brega ao Dia dos Pais.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Dia do Orgasmo? Oh yes!


Em 31 de julho de 1999 na Inglaterra, o Dia Mundial do Orgasmo, foi criado por uma idéia de redes de sex shop do país. Descobriram em pesquisas que 80% das mulheres inglesas não atingem o clímax em suas relações. Na verdade o objetivo da coisa toda era despertar a reflexão das pessoas em relação a sua vida sexual.

Então, esse fim de semana promete, em uma data tão sugestiva aproveite o dia para tirar suas dúvidas se conhecer e conhecer seu parceiro, sempre com camisinha, claro.

Mais do que uma data comemorativa, o dia do orgasmo é quando bem entendemos que seja!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Bolo de fubá delícia


Essa receita traz o tradicional bolo de fubá, repaginado na versão com leite condensado na sua massa e pedaçinhos de goiabada. Ai ai ai....

Ingredientes

200 g de manteiga em temperatura ambiente
3 ovos
1 lata de leite condensado
meia xícara (chá) de leite
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de fubá
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
1 xícara (chá) de goiabada cortada em pequenos cubos

Modo de Preparo:

Na batedeira, junte a manteiga e os ovos e bata até formar um creme fofo. Adicione o leite condensado em fio e continue batendo. Desligue a batedeira e junte o leite, a farinha de trigo, o fubá e o fermento. Misture muito bem. Unte uma assadeira redonda com furo central (23cm de diâmetro) e despeje a massa. Passe os cubos de goiabada pela farinha e espalhe-os sobre o bolo, afundando-os levemente com uma faca. Leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 50 minutos.

Microondas:

Não recomendamos o preparo desta receita em microondas, pois o resultado final não é satisfotório.

Sobre a receita

Rendimento: 12 porções
Tempo Total de Preparo: 80 min.


Hoje é dia de FAXINA!


hoje é dia de faxina
vamos tirar a poeira do mau humor
o mofo da ignorância
o excesso de preconceitos guardados
lavar as mágoas
enxugar as lagrimas
e jogar tudinho o que não presta no lixo!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Macarrão ao creme de espinafre


Usei:

250g de macarrão
2 xícaras de folhas de espinafre cozido e escorrido
4 dentes de alho grandes amassados
1 caixinha de creme de leite (200g)
queijo parmesão ralado (embalagem de 50g)
1 pitada de noz moscada
Sal a gosto

Fiz assim:
 
Cozinhe o macarrão enquanto prepara o molho, pra isso você irá precisar daquela panela grande guardada no fundo do armário. Encha com bastante água (uns 2 1/2 litros, mais ou menos) e um fio de óleo para o macarrão não ficar "unidos venceremos" (grudados), pois quanto mais água tiver, mais o macarrão ficará soltinho. Deixe ferver a água e somente quando estiver borbulhando é que você vai pôr o sal, senão, a água demora a ferver. Quando a água borbulhar ponha o macarrão para cozinhar e deixe uns 7 minutos ou veja se está cozido a seu gosto. Coloque as folhas de espinafre para cozinhar na água ou no vapor. Quando estiverem murchas, deixe esfriar um pouco e bata no liquidificador com 1/2 xícara de água ou o sufiente para triturar. Faça dois refogados de alho com óleo ou manteiga, e use metade do alho para o molho e outra para o macarrão.
Molho: refogue o alho, acrescente o espinafre batido, aqueça e coloque o creme de leite e o queijo ralado, aqueça mais um pouco, mas não deixe ferver. Reserve.
Com o macarrão cozido, escorra a água e jogue água fria. O choque térmico interrompe o cozimento da massa.
Refogue o macarrão ao alho e óleo ou manteiga. Sirva ainda quente com o molho por cima da massa.

Dica: o espinafre conserva mais as suas vitaminas se cozido em vapor.
Você pode usar folhas de manjericão para ornamentar o prato.
 

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Madonna: uma dona de casa?



Pela segunda vez Madonna posa para a grife italiana Dolce & Gabannna. Seguindo a mesma linha do primeiro ensaio, aparece novamente como dona de casa de familia siciliana.

Claro, não uma dona de casa como eu, baixa renda, ou você, leitora brega. Se eu vestisse Dolce & Gabanna, eu sairia pela janela do quarto só para não passar pela cozinha!

Com essa roupa e vassoura em mão,
eu poderia jurar que ela sairia voando, menos varrer o quintal.

Modas e vassouras a parte, o destaque fica por conta do trabalho fotográfico. Ou melhor, para edição de Photoshop, afinal, não é pra qualquer um transformar uma cinquentona em uma mocinha de vinte e poucos anos.




Um dia, juro que minha vida será assim:
puro glamour e deixarei de ser Brega de vez!




__________________________________________

Suzana Maria Brega é dona de casa, blogueira e usa chinelos Havaianas.








domingo, 11 de julho de 2010

Mãe não passa roupa do filho e é mantida em cativeiro

Rapaz insistiu que o trabalho era coisa de mulher

É sempre aquela velha história. Alguns acham que arrumar a casa, lavar, passar e cozinhar cotinuam sendo funções únicas e exclusivas da mulher.

Esse foi o caso de um rapaz de 29 anos da cidade de Villa Rica, no estado da Geórgia, nos Estados Unidos. Ele ficou irritado quando sua mãe se negou a passar suas roupas.

O homem insistiu que esse era um trabalho de mulher. Como castigo, tirou as chaves e o celular de sua mãe mantendo-a trancada em casa por seis horas além de ameaçá-la com uma arma.

Sem ferimentos com a ação terrorista do filho, a mãe de 51 anos de idade conseguiu escapar e procurou a delegacia. O machão foi preso e agora terá quem cuide de suas roupas.

Fonte: R7
publicado em 08/07/2010 às 15h57

segunda-feira, 5 de julho de 2010

O Segredo do Casamento

 


Recebi esse texto sendo de autoria de Arnaldo Jabor, mas, na verdade, ele é de autoria de Stephen Kanitz.  Gostei tanto desse texto que resolvi postar dando créditos ao verdadeiro autor, fiquem com ele.



O Segredo do Casamento

Meus amigos separados não cansam de me perguntar como eu consegui ficar casado trinta anos com a mesma mulher. As mulheres, sempre mais maldosas que os homens, não perguntam a minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo.

Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo.

Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas, dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue.

Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade, já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que me casei três vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano, está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes do que eu.

O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, voltar a se vender, seduzir e ser seduzido.

Há quanto tempo vocês não saem para dançar? Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial? Há quanto tempo não fazem uma lua de mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção?

Sem falar nos inúmeros quilos que se acrescentaram a você, depois do casamento. Mulher e marido que se separam perdem 10 quilos num único mês, por que vocês não podem conseguir o mesmo? Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugares desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo e a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.

Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Muitas vezes não é sua esposa que está ficando chata e mofada, são os amigos dela (e talvez os seus), são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação. Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo círculo de amigos.

Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar. Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento. Mas, se você se separar, sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas, e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior.

Não existe essa tal "estabilidade do casamento", nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma "relação estável", mas saber mudar junto. Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensando fazer no início do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, por que não fazer na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.

Portanto, descubra o novo homem ou a nova mulher que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo e interessante par. Tenho certeza de que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças. Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso, de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.

Stephen Kanitz é administrador por Harvard (www.kanitz.com.br)

Publicado na Revista Veja, edição 1922, ano 38, nº 37, 14 de setembro de 2005, página 24